Modelo Custo por Ação é considerado uma das melhores formas de se rentabilizar ações na internet. A rede de ofertas de afiliados C2 Network aposta no mobile como um dos nichos que mais lucram com o modelo   

O mercado mobile cresceu 55% no Brasil em 2014 comparado ao ano de 2013, segundo dados da Consultoria IDC Brasil. Somente no ano passado o número de linhas ativas no País chegou a mais de 277 milhões, de acordo com a Anatel, e a quantidade de usuários com acesso a internet móvel atingiu 40,8%, segundo um estudo desenvolvido pela ETC Digital. E se cresce o número de usuários, cresce também a demanda por novas ofertas e as oportunidades para o mercado digital.

Na visão do diretor da rede de ofertas de afiliados C2 Network, Ramon Vailatti, que estará em São Paulo nos dias 28, 29 e 30 de maio, em um congresso sobre marketing de afiliação, ofertas para o segmento mobile são a nova tendência do mercado, com alto potencial de rentabilidade. “Em alguns anos, as ofertas para dispositivos móveis vão representar grande parte do volume do mercado e, no Brasil, o marketing de CPA (Custo por Ação) estará mais conhecido e será mais usado por empresas de vários setores”, prevê.

Com um portfólio com mais de 600 afiliados e lucro anual de R$ 6 milhões, a C2 Network é especializada no modelo de ofertas CPA, que garante uma alta taxa de conversão para os anunciantes e melhor remuneração para o blogueiro (afiliado), que ganha as comissões quando as ações do internauta alcançam os objetivos pretendidos pelas empresas. Pode ser um cadastro no site, a utilização de um cupom, downloads de aplicativos, a própria compra ou qualquer outro ponto de interesse. “Estamos focados no mobile e no potencial desse setor para trazer as melhores ofertas de tráfego mobile do Brasil nos próximos anos”, diz Vailatti.

O diretor do Instituto Brasileiro de Marketing de Afiliação - IBMAfiliados, Rafael Rez, concorda com Vailatti e diz que o crescimento do número de dispositivos móveis exige que o setor se adapte a esta nova realidade, fazendo uso de estratégias mais direcionadas para aprender a tirar vantagens dos comportamentos dos usuários. “Quem está comprando via mobile tende a gastar mais e pesquisar menos. Se nas plataformas tradicionais já é difícil vender, no mobile então vivemos a pré-história. É preciso pensar em estratégias de vendas exclusivas para este público que não está no computador”, alerta.


Marketing de Afiliação - Ainda segundo  Vailatti, o marketing de afiliação vive um momento de muitas oportunidades em vários nichos de atuação, como o mercado de suplementos em CPA, que gera milhões em comissões em todo o mundo, principalmente nos setores de beleza e saúde. Ele ressalta que neste modelo de vendas o afiliado não tem estornos e mede suas conversões com mais facilidade. Ele dá a dica: "A pessoa pode ter um site ou um blog na internet e já estar gerando tráfego para usar ofertas de CPA para rentabilizar estes cliques, que muitas vezes são uma alternativa mais lucrativa que o Adsense", afirma.

O Custo Por Ação e as ofertas para mobiles estão entre os temas que serão abordados no Afiliados Brasil, congresso pioneiro do setor que acontece de 29 a 30 de maio, em São Paulo, no Centro de Convenções Rebouças, promovido pelo IBMAfiliados. A C2 Network é uma das redes de afiliação que participará como expositora do evento no espaço para networking, o ExpoAfiliados. A empresa levará para o Afiliados Brasil ofertas diferenciadas para o público brasileiro. A rede de CPA é uma delas. “Networking é uma das coisas mais valiosas neste mercado e o Afiliados Brasil proporciona a possibilidade de criar um bom relacionamento com as pessoas certas da indústria”, finaliza Ramon Vailatti.

A grade de programação completa e as informações e valores das inscrições podem ser conferidos no site www.afiliadosbrasil.com.br.