Pense bem, você acha que está tudo normal? Você está feliz?Especialista em produtividade pessoal e empresarial, Christian Barbosa alerta sobre os reflexos que o excesso de dedicação ao trabalho nos meios digitais podem trazer

Você que é empreendedor digital já deve ter ouvido de algum amigo ou parente: Puxa, que legal, trabalhar em casa! Uau, trabalhar de qualquer lugar que quiser só com um notebook e sinal de internet!. Esse romantismo existe de fato e é uma vantagem. Não há como negar.

Mas o que pensar quando os males que afetam qualquer empresário ou trabalhador que bate cartão diariamente na firma também nos afligem? Ansiedade, cansaço, irritabilidade e falta de tempo para o lazer, etc. Talvez estejamos errando em algum ou em vários momentos.

*Você percebe claramente quando algo não está legal, quando dá aquela sensação de que falta algo na vida?

*Você pode achar muito legal trabalhar home office. Mas pergunto: você tem realmente perfil para isso?

*Você tem foco? Sabe cortar o que é excesso e se concentrar no que realmente merece a sua atenção?

*Como é o seu dia? Você consegue encontrar algum tempo fora do ambiente digital para relaxar um pouco?



Somos negligentes com a nossa saúde mental

Um dos erros que cometemos é negligenciar nossa saúde mental. Christian Barbosa, maior especialista em produtividade pessoal e empresarial do país, alerta que as pessoas estão tão digitais, tão conectadas na internet, que se desconectam da própria vida.

Autor de livros como "A Tríade do Tempo - Um Modelo Comprovado Para Organizar Sua Vida, Aumentar Sua Produtividade e Seu Equilíbrio" e "Equilíbrio e Resultado - Por Que As Pessoas Não Fazem o Que Deveriam Fazer?", ele sugere que você reavalie e mude o seu comportamento.

Antes de você fazer qualquer reflexão, veja o que o Christian fala sobre autodisciplina. O segredo, em princípio, é conhecer a si mesmo!



Veja o que Christian Barbosa propõe:

1. Quando acende a luz amarela?
Fique atento aos sinais. A primeira coisa é perceber se está sentindo que falta algo na vida, aquela sensação de um vazio, de que alguma coisa não está bacana e de que precisa mudar algo. Reavalie se os resultados que vem obtendo condizem com o tempo dedicado ao negócio.

Porque o que acaba acontecendo no mercado digital é que a pessoa trabalha 20 horas, tem um resultado que parece ser legal, mas, com o passar do tempo, percebe que não está ganhando dinheiro. Está gastando cada vez mais tempo para conquistar menos resultados e é aí que começa um círculo vicioso desgastante.


Fique atento aos sinais, alerta Christian Barbosa


2. Você tem perfil para trabalhar home office?
Trabalhar em casa é o sonho de muita gente. Mas, honestamente, este é o seu perfil? Você consegue se adequar bem? Além do perfil, a pessoa tem um ambiente adequado para isso? Porque por vezes tem criança, cachorro, enfim, particularidades que tiram o foco.

Então, se não tiver um ambiente em que possa se concentrar, não é ideal para home office. Parece que não, mas faz uma diferença gigantesca aspectos como iluminação adequada, uma cadeira ergonômica e uma mesa adequada. São fatores que, se não forem adequados, prejudicam a coluna e a visão, afetando o seu rendimento.

3. Corte o excesso e foque no fundamental
Você precisa avaliar: o que é importante de verdade? Se não parar para avaliar o que é importante, acaba focando em muita coisa e, quando vê, não está conseguindo realizar nada, percebe que não fez o que era vital no processo. Esse é o primeiro ponto: cortar o excesso e focar no que é fundamental.

O segundo ponto é criar uma meta e não fazer dez coisas ao mesmo tempo. Terceiro é se planejar, organizando, por exemplo, um planejamento semanal das coisas que tem que fazer e aprender a priorizar da forma correta.

O quarto é ter um ambiente organizado, pois isso ajuda a ganhar tempo, e, quinto, focar no gerenciamento desses últimos itens, sabendo lidar com a rotina como, por exemplo, a leitura de e-mails. Como consequência, vai fazer mais coisas com menos esforço.

Crie uma meta e não faça dez coisas ao mesmo tempo! Faça um planejamento semanal e aprenda a priorizar de forma correta


4. Encontre um “desestressor”
É essencial que você encontre um “desestressor” que o afaste temporariamente do mundo digital, como um hobby ou mesmo um esporte. Pode parecer fácil mas, em muitos casos, estamos tão viciados no trabalho que esquecemos de nós mesmos e cedemos à prostração. Faça esta pergunta para si mesmo: quanto tempo você tem dedicado para a prática de alguma atividade esportiva? É fundamental para sua saúde física e mental.

Christian Barbosa é fundador da TriadPS, consultoria multinacional focada em encontrar as melhores formas de tornar pessoas e empresas mais produtivas com equilíbrio. Em 15 anos de carreira, Barbosa já atendeu companhias globais como Coca-Cola, L’Oréal, Toyota, Rede Globo, Nestlé e Sony, focado sempre em encontrar as melhores formas de tornar pessoas e empresas mais produtivas com equilíbrio.

Queremos a sua opinião! E aí, como você gerencia o seu tempo?