conversãoVocê já pensou que algumas áreas do seu site simplesmente não servem para fazer publicidade? Será que colocando diversos banners na sidebar você terá algum retorno? Será que criando imagens profissionais você converterá mais? Muitas vezes costumamos replicar o que as outras pessoas já fazem. Colocamos anúncios na lateral, muitos blocos AdSense ao longo de um artigo, um big banner no rodapé ou no topo e tudo isso simplesmente porque já vimos algum site fazendo o mesmo. Pensando em conversão, isso ajuda ou prejudica?

Esse artigo tem o objetivo de mostrar o quanto poluímos nosso site para tentarmos ganhar dinheiro. Você verá que nem tudo o que parece render, rende, e também entenderá que descobrir isso é apenas uma questão de bom senso.

Antes de iniciar o artigo em si, deixe-me fazer outras perguntas. Quando você visita um site, prefere um visual todo cheio de imagens ou mais limpo? O que lhe chama mais atenção, um banner profissional bem posicionado ou uma série de banners amadores distribuídos em várias áreas do site? Pode ser que muitas pessoas sejam contra o que vou escrever nesse artigo e digam que quanto maior é o número de banners, maiores são as chances de conversão. Tudo bem, esse é um fato estatístico inegável, porém poluir suas páginas traz repulsa e nenhum impacto positivo no leitor. As chances maiores são de que ele clique, mas não compre. Isso porque está praticamente sendo obrigado a isso.

Imagine-se em uma cidade cheia de carros buzinando, placas, banners, cartazes, totens e outdoors por todo lado, onde você olha e o que vê são apenas anúncios. Agora, imagine-se em uma cidade de interior, com muito verde, pouquíssimos veículos e quase nenhuma poluição visual. Em qual desses dois cenários você estaria mais propício a ser influenciado: em um lugar cheio de anúncios ou em um lugar com pouquíssimos anúncios? A menos que você ame viver no caos, com certeza uma propaganda no interior lhe causaria mais impacto. O mesmo ocorre com um site.

Tendo isso em mente é fácil perceber que não adianta encher um site de banners, é preciso utilizar as áreas corretas e da maneira certa. Baseado em testes, listarei abaixo algumas dicas e falarei sobre o que funciona e o que não funciona na promoção de afiliados em sites e blogs.

Utilize áreas que chamam atenção naturalmente


O primeiro ponto parece o mais óbvio de todos. Para cada pessoa que visita um site, existe uma chance de conversão, o único pré-requisito para isso é que ela veja seu anúncio. Isso significa que seus banners devem estar no caminho por onde essa pessoa passar. Se ela inicia a leitura de cima para baixo e da esquerda para a direita, as melhores posições são as que seguem essa seqüência.

Alguns locais já são conhecidos por nós, blogueiros, por converterem muito bem. Alguns exemplos são: a área antes do inicio de um artigo, após o título, entre o primeiro e segundo parágrafos, no topo da sidebar, etc. Esses lugares convertem mais e chamam mais atenção, mas não significa que sejam os melhores. Para encontrar as melhores posições para seus banners abra seu site e, sem fazer mais nada, note qual é a parte que salta aos seus olhos. Pronto! Esse é um bom local.

O final de um artigo é excelente para conversão


O final do artigo, sem sombra de dúvidas, é uma das áreas que mais converte em um site e motivo é simples. As pessoas que chegaram até ali tiveram um nível maior de engajamento. Elas leram o artigo e prestaram atenção a tudo, inclusive à região que fica logo abaixo do texto. As chances de que ela clique em um banner ou assine sua newsletter são muito grandes.

Sabendo disso, para aproveitar o poder dessa área é necessário ter uma criatividade especial. Você deve ocupar uma área bastante visível com imagens de qualidade e textos chamativos. É recomendado que a largura do banner seja a mesma do artigo enquanto que a altura não ultrapasse 300 pixels.

Notei um fato interessante na captura de emails nessa região. Possuo um blog onde a área do artigo tem largura de 650 pixels. Preparei uma imagem extremamente profissional de 650x300 pixels para chamar a atenção do leitor e capturar seu contato. Coloquei-a no final do artigo juntamente com um campo de email. Para minha surpresa, poucas pessoas se interessaram pelo produto oferecido como bonificação. Então resolvi retirar essa imagem profissional e escrever em duas linhas, distantes uma da outra, que ele ganharia um bônus caso assinasse a newsletter. Simples assim e sem nenhuma frescura. O resultado foi excelente. Aumentei em 5 vezes a captura de emails e me surpreendi com isso. Depois de uma análise, descobri que o que chamou a atenção dos leitores não foi o profissionalismo disso (que era quase nenhum), mas o espaço em branco que ficou ao redor dessa chamada. Como utilizei apenas duas linhas de texto e a imagem do produto sem nenhum tipo de efeito ou cores variadas, o anúncio ficou mais limpo, suave e chamativo do que aquele no qual havia utilizado a imagem profissional. Desde então sempre procuro fazer algo clean, acima de qualquer coisa.

Cuide bem da sua sidebar


Você já pensou que sua sidebar pode estar cheia de elementos desnecessários? Muitas vezes a utilizamos como principal recurso para mostrar alguma coisa aos nossos leitores. Mas, de tantas coisas que incluímos nela, acabamos perdendo a atenção do visitante. Esse é o mesmo conceito do exemplo que dei acima. Se a sidebar não tiver limpa o suficiente, seu visitante não manterá o foco sobre o que estiver nela. Se você incluir muitos banners, eles serão ignorados. Se você incluir links muito grandes e em quantidade exorbitante, eles também serão ignorados. Seu leitor simplesmente não consegue absorver tudo o que está lá, então, para que encher a sidebar com elementos desnecessários?

Se vai colocar banner na sidebar, coloque corretamente


Outro ponto interessante, mas agora com relação aos banners especificamente, é que muitas vezes eles não serão visualizados pelo leitor a não ser que estejam no lugar correto. Não adianta incluir um banner de 250x250 em um local onde o visitante tem que descer a página duas vezes para ver. Da mesma maneira, não adianta colocar um banner no topo da sidebar se ele não se destaca dos outros elementos do site.

Uma recomendação legal é que se você for colocar um banner no topo, deixe-o acima da dobra. Caso coloque no final, considere aumentar a altura para que seja visível mesmo que o leitor role a página duas vezes para baixo. Esse último exemplo pode ser visto em diversos sites que utilizam banners verticais no final da sidebar. Um bom formato é o 300x600, que também é disponibilizado pelo Google AdSense.

Banners 125x125 na lateral não rendem nada


Como falei no inicio do artigo, muitas coisas na internet são feitas sem nenhum objetivo claro. Incluir muitos banners pequenos na barra lateral, como os quadrados 125x125, simplesmente não rendem nada. O motivo é simples, quem visita o site dificilmente irá parar para ficar olhando uma lista gigantesca de banners. Isso apenas polui a barra e faz com que essa área seja totalmente inútil em termos de conversão. No lugar desses tipos de banners, inclua uma lista dos seus melhores artigos. Com certeza o leitor apreciará mais e ainda poderá clicar em um link ou banner lá dentro.

Sabe aquele banner horizontal no meio do texto? Funciona!


Sabe aquele banner deitado que aparece de vez enquando no meio do texto? Ele é uma excelente forma de conversão, pouco utilizada nos sites. Dificilmente encontramos banners desse tipo porque sua utilização é um pouco complicada. Digo isso porque não basta apenas sair colocando o código em qualquer artigo, é preciso um planejamento mínimo para ter um bom retorno.

O primeiro passo é levantar o assunto do banner e os assuntos do site que se relacionam a ele. Em seguida é necessário, para cada artigo, analisar se o assunto em questão tem alguma ligação com o banner a ponto de gerar interesse no leitor. Se o tema casar perfeitamente com a proposta do anúncio, incluímos o banner, caso contrário, não.

É difícil, mas segmente!


Uma das coisas mais difíceis de se fazer na internet é segmentar. É mais simples pegar um banner genérico e colocá-lo em uma área especifica do site do que selecionar anúncios por áreas afins. Talvez seja esse o motivo pelo qual muitos blogs deixam de ganhar dinheiro.

Imagine-se, visitando um blog sobre investimentos onde existe um anúncio do livro “Como Investir Dinheiro”, do Rafael Seabra. Agora, imagine-se visitando um blog sobre moda onde existe um anúncio sobre carros. Em qual das duas situações você poderia se interessar pelo produto? Com certeza a primeira chama mais atenção porque está relacionada ao assunto que você está lendo.

Para comprovar isso, faça um teste. Entre em cada artigo seu, identifique o tema em questão e inclua um banner horizontal com um assunto relacionado. Em pouco tempo você verá um taxa maior de cliques e, possivelmente, um melhor retorno financeiro.

Mude agora


Essas foram apenas algumas dicas simples sobre algo que a maioria de nós não se dá conta. Isso é totalmente compreensível, pois para se chegar a essas conclusões é preciso fazer alguns testes. Agora é sua vez. Arrisque-se a retirar alguns banners de lugar e incluir outros em posições variadas. Com certeza você verá a diferença e aprenderá muita coisa nova.