Os programas de afiliados ainda são vistos de uma forma negativa por grande parte dos publishers brasileiros, fruto da necessidade que o País tem de oferecer uma maior abundância de campanhas e, acima de tudo, empresas que pagam na hora aquilo que o afiliado produz. No entanto, existem já diversas empresas que estão trabalhando no sentido de mudar essa realidade e torná-la semelhante à realidade vivida nos Estados Unidos ou na Europa, em que os programas de afiliados são uma verdadeira "mão na roda" para qualquer blogueiro ou publisher que pretenda monetizar eficazmente o seu público-alvo.

No Brasil, a grande maioria dos publishers trabalha com o Google Adsense, mas esquece-se que os afiliados são um complemento importante na monetização de um site/blog, não apenas por serem compatíveis com os anúncios do Google, mas principalmente pela diversidade de ofertas e valores de comissão praticados pelo mercado. Dependendo do nicho em que você trabalha, poderão existir afiliados pagando comissões variáveis entre os $5 e os $200 dólares por venda realizada. Esta realidade é extremamente positiva para todos aqueles que procuram formas de monetizar os seus projetos ou complementar a sua renda com a venda de produtos qualificados e de marcas reconhecidas pelo grande público.

Para todos aqueles que são céticos relativamente à utilização de programas de afiliados, abordamos, abaixo, algumas das vantagens de trabalhar com afiliados em seus projetos:

Maior diversidade de oferta


Ao contrário do que acontece com outros modelos de rentabilização, o marketing de afiliados é um dos mais completos em nível mundial, oferecendo uma diversidade de campanhas que poderão ir desde os negócios, toques para celulares, operadoras de internet, seguros, cartões de crédito, venda de automóveis, passando por cassino, poker ou mesmo lojas de e-commerce dos mais variados nichos. Esta diversidade de oferta permite-lhe encontrar com maior facilidade uma resposta para as necessidades do seu público-alvo, algo que nem sempre é possível de outra forma.

Mais soluções de promoção


Uma vez que os programas de afiliados são geridos pelas próprias empresas ou por empresas terceirizadas, você encontra diversas ferramentas de marketing disponíveis, como os links de texto, banners publicitários em diversos formatos, kits de e-mail marketing em HTML, popups, popunders, lojas de e-commerce com rebranding próprio, caixas de produtos, formatos personalizados à sua medida, entre muitas outras. Ao contrário do que acontece em outras ferramentas de monetização, os programas de afiliados trabalham com o objetivo de gerar vendas e rendimentos; ou seja, quanto mais soluções forem disponibilizadas ao afiliado, maiores serão as suas chances de sucesso.

Aposta no Email Marketing


Os programas de afiliados têm um foco tremendo na utilização de estratégias de e-mail marketing como forma de gerar vendas contínuas. Muitos dos probloggers mundialmente conhecidos ganham praticamente todo o seu dinheiro através de campanhas de e-mail marketing, enviadas de forma segmentada para os seus subscritores.

Tal como acontece na Amazon, ao enviar uma newsletter indicando um determinado produto para um usuário que está interessado nesse mesmo produto, as chances de conversão aumentam drasticamente. No marketing de afiliados, essa é uma das estratégias que funciona melhor para quem pretende rentabilizar o seu banco de dados de usuários, enviando-lhes informações de qualidade e que possam gerar uma maior renda a longo prazo.

Aposta nas Mídias Sociais


Ao contrário do que acontece com outras ferramentas de monetização, o marketing de afiliados está voltado para as mídias sociais, o que significa que os publishers têm a possibilidade de promover as suas campanhas preferidas através das suas páginas no Facebook, Twitter, Google+, ou em outros tipos de redes, como o Youtube ou o Pinterest.

Como o objetivo é gerar vendas e não cliques, as regras são bastante mais flexíveis e os rendimentos tendem a ser melhores em longo prazo, derivados das sinergias criadas entre os sites/blogs e os seus perfis sociais.

Conversão mais alta


Num programa como o Google Adsense, um bom publisher consegue fazer um CTR médio entre os 2% e os 5%, dependendo do nicho. Num programa de afiliados, e dependendo logicamente do nicho de mercado também, é possível conseguir um CTR superior a 30%, algo que de outra forma era impossível. A juntar a isso, os valores de conversão são também eles muito mais altos, uma vez que o rendimento não é realizado tipicamente ao clique (embora existam campanhas CPC), mas sim pelo compartilhamento da receita gerada através da venda, a qual poderá ser uma percentagem (%) ou um valor fixo (CPA). Muitos programas de afiliados trabalham com valores variáveis entre os 5$ e os $200 dólares, dependendo do nicho, o que significa que por cada venda, você conseguirá ganhar uma fatia bastante maior do que usando outros métodos de rentabilização.

Relacionamento mais próximo com a empresa


Todas as empresas que trabalham com afiliados têm, por norma, um gestor de contas, o qual tem como objetivo trabalhar diariamente com os afiliados no sentido de melhorar as suas conversões e aumentar drasticamente as vendas e ganhos para ambos os lados. Isso não acontece, por exemplo, no Google Adsense, pelo menos não para o comum dos publishers. Esta ligação mais próxima com a empresa de afiliados e com o gestor de conta permite-lhe afinar as suas estratégias e alavancar mais rapidamente os seus ganhos, seguindo as dicas de conversão partilhadas pela empresa, usando os melhores formatos e optando pelos melhores meios de promoção.

Pagamentos céleres e por múltiplos meios


Dependendo da empresa de afiliados com que trabalha, os pagamentos tendem a ser rápidos e eficazes, tal como acontece com a Google. No entanto, a vantagem de trabalhar com afiliados é que você poderá receber por múltiplos meios de pagamento, não estando restringido a uma transferência bancária ou a um cheque. Nos afiliados, você encontrará empresas com pagamentos por Paypal, PagSeguro, Moneybookers, Neteller, Transferência Bancária, Cheque, entre outras opções, o que lhe permite optar pelo método que mais lhe convém naquele momento.

Regras menos apertadas e maior mobilidade


Diferente do que ocorre com o Adsense, por exemplo, as regras para trabalhar com afiliados são variáveis de empresa para empresa. Na verdade, é a própria empresa que define as regras do programa, o que significa que essas regras tendem a ser bastante flexíveis, dando-lhe uma maior mobilidade para experienciar diversos métodos de promoção para uma mesma campanha. O fato de as regras serem mais flexíveis é uma oportunidade para os publishers trabalharem no sentido de oferecerem, ao seu público-alvo, formatos diferenciados e camuflados de acordo com os seus projetos, realizar testes de forma mais agressiva e procurar novas formas de monetizar eficazmente os seus conteúdos.

Campanhas PPC são possíveis


Outra das grandes vantagens de trabalhar com afiliados, é que a grande maioria das empresas permite que sejam realizadas campanhas PPC com o objetivo de promover os produtos/serviços. Para muitos publishers que não trabalham com sites, nem com blogs, esta oportunidade é uma verdadeira "mão na roda" para ganhar dinheiro sem ter a necessidade de produzir conteúdo. Já para quem produz conteúdo, esta oportunidade é também uma forma interessante de levar usuários até aos conteúdos certos, para que depois a venda seja realizada com maior facilidade. As campanhas PPC, quer sejam através do Google AdWords ou do Facebook Ads, são uma excelente forma de gerar conversões em afiliados.

Existem certamente muitas outras vantagens de trabalhar com afiliados, mas a verdade é que o foco na conversão é sem dúvida a melhor de todas elas, porque permite a empresas e publishers trabalharem de mãos dadas pelo mesmo objetivo: ganhar dinheiro!